Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hostel

A vida privada de cada um de nós compreende a sua intimidade, mas não se esgota nela. Afinal, como dizia a poetisa “Como se um grande amor cá nesta vida não fosse o mesmo amor de toda a gente!...”.

Hostel

A vida privada de cada um de nós compreende a sua intimidade, mas não se esgota nela. Afinal, como dizia a poetisa “Como se um grande amor cá nesta vida não fosse o mesmo amor de toda a gente!...”.

19
Fev22

Scrolling

Luisa Brito

Scrolling foto.jpg

 

Quantas vezes passamos pela informação, de modo rápido e superficial, atentando apenas nas imagens e nas “gordas”, não chegando ao conteúdo ou, pelo menos, não chegando até ao fim do conteúdo e logo scrolling para outra notícia, e depois outra, e outra, e desligamos, já o polegar a acenar tendinite. E o que retivemos? Mesmo muito pouco. Talvez por isso, dali a pouco, mesmo desafiando a tendinite ou talvez mudando de gadget, de novo scrolling. Também nos relacionamentos tendemos a fazer scrolling, agora muito mais facilitado pela tecnologia. Detemo-nos, frequentemente, na forma e muito pouco no conteúdo ou, pelo menos, quase nunca chegando até ao fim do conteúdo. Talvez por isso, outra vez scrolling e, quantas vezes, enquanto ao lado, mais ou menos físico, do outro, a vida mentirosa dos adultos…. Como se corrêssemos atrás de qualquer coisa que não sabemos nomear, que não sabemos sequer se existe, no outro, ou em nós…      

02
Fev22

(sor)riso

Luisa Brito

sorriso.jpg

Um sorriso é o mais que podes dar e que podes receber. Por vezes recebes um sorriso ao dar um sorriso. Por vezes não. Por vezes respondes com um sorriso a outro sorriso. Por vezes não. Como em tudo, quem mais precisa é quem menos tem. Embora também, tantas vezes, quem mais dá é quem menos tem para dar. Um sorriso não tem preço. Não estamos a falar do sorriso-esgar, do sorriso de circunstância ou de conveniência. Esse, ao invés, gela e é capaz de matar. Esquece. Desse foge quanto puderes. Mas ainda que não tenhas mais nada para dar, dá um sorriso. Como um ponto de luz a partir do qual te ligas ao outro numa corrente de alma a alma, numa corrente do Bem.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Luisa Brito

    Muito obrigada Susaninha 🙏Já valeu a pena partilha...

  • Susana S

    Maravilhoso como sempre professora 👏 gosto muito d...

  • José Pacheco

    Nós os seres superiores, sublimes, seres do paraís...

  • anoniwo

    tipo o que o Policia fez com os indios

  • anoniwo

    o post é um sofisma, narrativa infantil da suprema...

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D