Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hostel

A vida privada de cada um de nós compreende a sua intimidade, mas não se esgota nela. Afinal, como dizia a poetisa “Como se um grande amor cá nesta vida não fosse o mesmo amor de toda a gente!...”.

Hostel

A vida privada de cada um de nós compreende a sua intimidade, mas não se esgota nela. Afinal, como dizia a poetisa “Como se um grande amor cá nesta vida não fosse o mesmo amor de toda a gente!...”.

28
Set19

Nos teus braços morreríamos

Luisa Brito

casa rosa.jpg

 

Tiro fotografias várias à minha amada deitada sobre a relva mas não gosto de ser fotografado. Entre um homem e uma mulher poucos são os sentimentos recíprocos. O sexo é um antídoto para esquecer isso, que às vezes resulta. Eu digo-lhe com o ar mais sensato que tenho: "A vida são muitas coisas. O amor é só uma entre muitas". E ela responde de seguida:" A vida pode mudar muito mais do que se espera, o amor é o que está acima de tudo, tudo altera. Nos teus braços morreria." E fico envergonhado.

 

Pedro Paixão in Nos Teus Braços Morreríamos

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Luisa Brito

    Muito obrigada! Esta senhora, com todo este azul p...

  • Luisa Brito

    Muito obrigada Isa 🙏.Tirei a fotografia a esta sen...

  • Sandra

    que partilha fenomenal! Tanta realidade e sentime...

  • Isa Nascimento

    Uma verdade intemporal que teimamos em ignorar...B...

  • Luisa Brito

    Obrigada. Muita saúde também!

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D